O amor em todas as cores

Não apresse o rio
24 de julho de 2017
Uma Interpretação Psicológica da Ceia do Senhor
15 de agosto de 2017

O amor em todas as cores

 

Amor,
Um sentimento a ser aprendido,
Vivenciado, sentido.
De todos, quase esquecido.
Desacreditado, perdido,
Contudo, forte como a morte!
Existem amor e amores,
Amor em todas as cores.

Amor eterno, incondicional,
É divino.
Amor eterno “enquanto durar, ”
É humano.
Amor sem esperar nada em troca,
É fraterno!

Amor sem explicação,
É o que sinto por ti.
Os amores proibidos,
São os mais fortes,
Os mais apaixonados.
Os mais temidos!

Amor, nunca se sabe onde vai brotar,
Onde vai medrar, onde vai crescer.
Amor, não se pode controlar.
Nem prever quando vai aparecer,
Desaparecer ou se transformar.
Amor não morre, transmuta-se
Em mais amor!

Amor não se tem como medir,
Avaliar, mensurar,
E as vezes…é tão forte,
Que não dar pra disfarçar!

Amor, não se pode definir,
Não se deve explicar.
Amar, cabe apenas sentir
E o amor acontece,
Num ponto qualquer.
Entre o ser e o não ser.
No infinito finito do teu olhar!

 

Antonio Maspoli

Antonio Maspoli
Antonio Maspoli
Sou Antonio Maspoli, cidadão do mundo, Teólogo e Psicólogo. Deus é a minha herança pessoal, meu caso de amor! Deus encantou-me com o a sua presença. E abriu-me as porta do conhecimento do numinoso: "Eu cri, por isso compreendi" (Agostinho). Desde então dediquei a minha vida a conhecer a Deus. E a minha existência a compreender a natureza humana.

Deixe uma resposta

Espaço para interações e depoimentos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *