Coaching? Afinal do que estamos falando?

Educação Protestante Presbiteriana: do pragmatismo ao calvinismo, um longo caminho.
22 de novembro de 2018
Coaching e Transe
27 de novembro de 2018

Dr. Antonio Maspoli[1]

Coaching está na ordem do dia das pessoas e das empresas. A palavra coaching é derivada do inglês coach, o qual tem suas origens ligadas à cidade de Kocs, situada no condado de Komárom-Esztergom, na Hungria. Foi utilizada pela primeira vez para designar carruagens  de quatro rodas, os  coches, os quais começaram a ser produzidos no século XVI e se tornaram as mais cobiçadas carruagens da época, por seu conforto – elas foram as primeiras a ser produzidas com suspensão feitas de molas de aço. Assim, os coches de Kocs eram chamados de kocsiszeker. Os nativos dessa cidade também são chamados de kocsi. E é desse vocábulo que proveio a palavra coach. Posteriormente, o nome do coach foi dado ao condutor da carruagem, o cocheiro.

Com o passar do tempo, a palavra coach foi usada como uma metáfora. Do mesmo modo que a carruagem leva as pessoas aos diversos campos geográficos, o coach era a forma como se chamava o tutor que conduzia outras pessoas pelos diversos campos do conhecimento. Conta-se também que as famílias muito ricas, quando em longas viagens pela Europa, levavam servos no interior da carruagem, os quais liam em voz alta para as crianças o que elas tinham de aprender. Esse servo passou igualmente a ser chamado de coach.

No século XVIII, os nobres universitários da Inglaterra iam para suas aulas, em suas carruagens, conduzidos por cocheiros – coachs. Por volta de 1830, o termo coach passa a ser empregado na Universidade de Oxford como sinônimo de tutor particular, aquele que carrega, conduz e prepara os estudantes para seus exames. Dessa forma, o termo coaching refere-se ao processo em si: o coach é aquele que conduz, enquanto o coachee, à pessoa conduzida na direção do objetivo que deseja alcançar.

Como metáfora, o coach é aquele especialista que mobiliza todos os recursos, experiências, conhecimentos e habilidades do sujeito para levá-lo do ponto A, seu estado atual, ao ponto B, seu estado desejado. Ao processo que possibita essa conquista chama-se coaching. Não tem tradução na língua portuguesa.

Pode-se afirmar que a história do coaching, no Brasil, é relativamente recente, porém, extremamente promissora. Se, na década de 1990 e no começo dos anos 2000, a metodologia só era aplicada em empresas estrangeiras e multinacionais, hoje o método já é uma realidade presente e acessível às pessoas, dentro e fora das organizações.

Tudo isso se deu, em grande parte, pelo nascimento de empresas nacionais, focadas na formação de coaches profissionais. Nesse sentido, é possível perceber que a história do coaching, no Brasil, se confunde com a história do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), da Sociedade Brasileira de Coaching (SBC) e da FEBRACIS – Federação Brasileira de Coaching Sistêmico, dentre outras E a mais recente dessas sociedades é a Sociedade Brasileira de Psicologia e Coaching.

O processo de coaching é conduzido por um profissional habilitado, denominado coach, em parceria com o cliente, denominado coachee. O coach procura facilitar a compreensão desse processo. Pode-se fazer uma analogia com uma equipe de futebol, na qual existe sempre a figura do técnico (coach) e dos jogadores (os coachees). Apesar de o técnico não entrar em campo, ele é capaz de orientar a equipe, a fim de que ela atinja o maior desempenho possível, durante um jogo. Coaching é a arte de aumentar o seu desempenho e de outros indivíduos. É o processo de evocar excelência nas pessoas; coaching é a promoção do desenvolvimento contínuo; coaching é potencializar o poder pessoal de cada um; é o desenvolvimento de suas habilidades e a descoberta de novas habilidades; é fazer o que precisa ser feito, no momento em que deve ser feito.

 

[1] Psicologo clínico, Analista Jungiano, Doutor em Ciências da Religião: Ciências Sociais e Religião( UMESP). Doutor em Psicologia Clínica(PUC-SP). Master   Coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching. Autor do Livro Coaching e Transe.  Presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia e Coaching. Email: antoniomaspoli@uol.com.br e maspolipeixe@yahoo.com.br Site: antoniomaspoli.com.br. canal no youtube: Dr. Antonio Maspoli

 

 

Antonio Maspoli
Antonio Maspoli
Sou Antonio Maspoli, cidadão do mundo, Teólogo e Psicólogo. Deus é a minha herança pessoal, meu caso de amor! Deus encantou-me com o a sua presença. E abriu-me as porta do conhecimento do numinoso: "Eu cri, por isso compreendi" (Agostinho). Desde então dediquei a minha vida a conhecer a Deus. E a minha existência a compreender a natureza humana.

Deixe uma resposta

Espaço para interações e depoimentos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *